A falta de gestão de infraestrutura queima nossa História

Não bastassem as notícias diárias da degradação das instituições do País, somos premiados no fim de um domingo com as imagens que não só queimam nosso principal acervo histórico-cultural, mas nossos corações e inteligências. Como é possível? Perguntam os mais incrédulos. Deixando a simbologia do fogo de lado, não é difícil projetar o que se passaria nas instalações deste e de outros “próprios públicos” como são chamadas as edificações pertencentes às Prefeituras, Estados e União.

Com raras exceções, as instalações elétricas, hidráulicas, de proteção e combate a incêndio, proteção atmosférica, além da construção civil com patologias nos telhados e suas estruturas, infiltrações, rachaduras e outras estão em estado de abandono, comprometendo não só a segurança de quem ocupa e visita estes prédios, mas a integridade dos bens materiais do interior.

As justificativas são das mais variadas e criativas, mas a competência dos gestores deixa a desejar e o dinheiro dos impostos cobrados não chega ao destino. Outro museu importante, o Museu Paulista, conhecido como Museu do Ipiranga, amarga um fechamento ao público desde antes da Copa de 2014, com reabertura prevista para o bicentenário da independência em 2022! Tomem suas próprias conclusões!

Fato é que os nobres administradores indicados não são sensíveis aos aspectos técnicos e talvez nem saibam o que é isso! Será que o esguicho impotente que tentava em vão conter as chamas do Museu Nacional estava sendo bem aplicado? Combate a incêndio em local com obras de arte seria mesmo com água?

Senhores! Por favor, as leis físicas e a boa engenharia devem ser respeitadas e as ações de manutenção e gestão das instalações são cruciais e devem ser levadas a sério! Isso é coisa para profissionais.

Boas notícias vêm do Sul. O CINASE realizado em Canoas foi denso e com um público com muito conteúdo técnico. A sensação é que os dois dias foram poucos para tamanho o interesse da turma. A premiação foi magistral com belos projetos e palestra magna impecável proferida pelo incrível Dr. João Jornada.

Vamos ao CINASE de São Paulo, que ocorre na semana em que daremos novos destinos ao nosso País. Que ao menos as chamas do museu iluminem nossas mentes nesta semana e que o País seja de fato reconstruído.

Atualizado em 7 de junho de 2021 por

Posts Relacionados

Política de Privacidade
When you visit our website, it may store information through your browser from specific services, usually in form of cookies. Here you can change your privacy preferences. Please note that blocking some types of cookies may impact your experience on our website and the services we offer.
O Setor Elétrico