Agora sim: “estamos dando bandeira”

Edição 108 – Janeiro de 2015
Por José Starosta – Consultor Técnico

Conforme já previsto, anunciado e prorrogado no último ano, talvez por razões relacionadas à contenção da inflação em ano de eleições, o modelo de cobrança adicional da energia elétrica denominado “bandeiras tarifárias”, com base nos níveis dos reservatórios, começa a ser posto em prática agora em 2015. Mais detalhes sobre a aplicação do modelo podem ser encontrados na reportagem desta edição e no portal www.osetoreletrico.com.br na coluna assinada por mim.

Na atual situação, os consumidores terão suas contas incrementadas em valores aproximados entre 6% e 8% devido ao acréscimo dos R$ 30 por cada MWh consumido relativo à bandeira vermelha. Quando tivermos os reservatórios em situação menos crítica, a coisa poderá ser abrandada na bandeira amarela (acréscimo de R$ 15 por MWh consumido) e, quem sabe algum dia, a bandeira verde que isenta a cobrança venha a alegrar toda a torcida e não somente a do meu também esfacelado Palmeiras.

Levantamos nossas mãos aos céus pedindo não só gols, mas chuvas e tempestades para tornar nosso céu de brigadeiro com lagos em níveis adequados. Como bons brasileiros apostamos em mais um super-herói. Desta vez ele tem sorriso simpático, usa gravata e comedidamente já começou a reduzir os “custos Brasil”, fazendo a lição de casa.  Que o “nosso” Levy seja iluminado e fundamentalmente ouvido.

Mais uma vez vamos pra limonada (e isso não inclui só o governo, mas toda a sociedade). O tempero deverá ser eficiência, sustentabilidade, tecnologia, equilíbrio e, quem sabe, honestidade e transparência. Bom recomeço a todos e que a inspiração dos levitas nos acompanhe.

Eng. José Starosta
Consultor da revista O Setor Elétrico
consultor@osetoreletrico.com.br

Atualizado em 7 de junho de 2021 por admin

Política de Privacidade
When you visit our website, it may store information through your browser from specific services, usually in form of cookies. Here you can change your privacy preferences. Please note that blocking some types of cookies may impact your experience on our website and the services we offer.
O Setor Elétrico