Artigos técnicos

08 ago: Mitigação dos distúrbios no sistema elétrico causados por correntes geomagnéticas induzidas em transformadores de potência – Parte II

*por Wilerson Calil e Adriana Venceslau Calil Resumo Os distúrbios geomagnéticos, que resultam distorções no campo magnético terrestre, podem causar  problemas  severos  nas  redes  elétricas  como:  confiabilidade,  blackout  e danos a equipamentos críticos ou vulneráveis. Este artigo, cuja primeira parte foi publicada na edição anterior, apresenta os efeitos causados pelas correntes induzidas geomagneticamente em transformadores de potência que estão conectados às redes elétricas de alta tensão, bem como as necessidades de se projetar um equipamento confiável para tais situações, para…

08 jul: Mitigação dos distúrbios no sistema elétrico causados por correntes geomagnéticas induzidas em transformadores de potência – Parte I

*por Wilerson Calil e Adriana Venceslau Calil   Introdução Transformadores de potência são equipamentos de maior custo, tempo de substituição e dificuldade de transporte em uma subestação. Por este motivo, durante o processo de especificação deste tipo de máquina é importante que todos os parâmetros estejam extremamente bem definidos e detalhados para evitar perda de vida de útil, aquecimento e desligamentos não programados. Investimento neste tipo de equipamento requer um estudo técnico e financeiro bem apurado para que seja encontrado…

07 jul: Deixo ou tiro o SPDA?

*por Normando Virgillio Borges Alves Esta situação já aconteceu comigo diversas vezes e também com outros profissionais que me ligam com frequência para pedir a minha opinião sobre o assunto, assim, decidi escrever este artigo. Este é um caso atípico, pois a grande maioria das instalações que vistorio não atende a nenhuma das normas anteriores e também não existe nenhum tipo de documentação, o que já configura motivo para fazer um novo projeto. Vamos imaginar uma situação. Você está fazendo…

08 jun: Compartilhamento de responsabilidades harmônicas via processos de mudança de estado: tendências e desafios

*por Ivan Nunes Santos, José Carlos de Oliveira, Andréia Crico dos Santos e Bárbara Morais Gianesini A presença crescente de componentes não-lineares em instalações consumidoras industriais, comerciais e residenciais ocasiona a intensificação das distorções harmônicas presentes nas redes elétricas, com subsequentes impactos sobre a qualidade da energia suprida. Neste cenário de aumento da presença de harmônicos, há ainda de se reconhecer a contribuição da popularização de fontes de energia renováveis não- convencionais, como a  geração  eólica  e a fotovoltaica. Diante…

07 jun: Sistemas fotovoltaicos – Quando instalar DPS classe I

*por José Barbosa A luz da ABNT NBR 5419:2015, devemos instalar Dispositivos de Proteção contra Surtos (DPS) para reduzir o risco de incêndio, choque por tensão de passo e toque e dano nos sistemas internos – equipamentos ligados à energia ou sinal. No caso dos sistemas fotovoltaicos, principalmente aqueles em instalações residenciais e comerciais, a utilização dos DPS envolve todo esse escopo citado. O incêndio e o choque por tensão de passo e toque são os mais importantes por envolver…

07 maio: Caracterização dos ângulos de fase das componentes harmônicas

 *por Guilherme Leal Xavier Atualmente, a maioria das cargas presentes nos  sistemas  elétricos possui características não-lineares, as quais  contribuem  para  o surgimento de um dos principais fenômenos associados com a qualidade da energia elétrica: a distorção harmônica. Em função do surgimento das distorções nas formas de onda da corrente e, consequentemente, da tensão, tem-se, dentre outros impactos, o incremento das perdas técnicas nos sistemas de distribuição da energia elétrica. Uma das formas de quantificar a parcela de perdas técnicas, associada…

07 maio: A carga específica de incêndio e a análise de risco conforme a ABNT NBR 5419-2:2015

*por Hélio Eiji Sueta Um dos parâmetros que mais influencia a análise de risco conforme a ABNT NBR 5419- 2: 2015 é o “Fator de redução rf em função de risco de incêndio ou explosão na estrutura” obtido na Tabela C.5 da parte 2 da norma. Este fator varia desde “0” quando não se tem risco de explosão nem de incêndio e vai até “1” para risco de explosão para “zonas 0, 20 e explosivos sólidos”; passando por “10-3” para…

07 abr: VTCD e Aplicação da Solução Técnica-Econômica na Indústria

*por Se Un Ahn As dores de todos ou quase todos O fenômeno perturbação transitória Variação de Tensão de Curta Duração (VTCD), popularmente conhecido por “piscas” ou “quedas” de energia, é problema mais frequente nos setores industriais. É  responsável  entre  80  e  90% das reclamações dos clientes e causado pelas perturbações diversas na rede de distribuição, desde acidentes, abalroamento de postes, curtos-circuitos etc. Essas perturbações ocasionam danos a equipamentos e interrupção da produção, com geração de impactos econômicos às empresas….

Política de Privacidade
When you visit our website, it may store information through your browser from specific services, usually in form of cookies. Here you can change your privacy preferences. Please note that blocking some types of cookies may impact your experience on our website and the services we offer.
O Setor Elétrico