Blinda retorna ao Brasil com o Grupo Polar

O Grupo Polar, com operações no Brasil e Reino Unido, adquiriu todo o maquinário e ferramental de produção, assim como os direitos pela propriedade intelectual e uso da marca Blinda. A negociação foi realizada com o Grupo Eaton, controlador da Crouse-Hinds e suas subsidiárias CEAG, Blinda, MEDC, MTL, FHF e outras.

A história da Polar com as marcas é antiga, visto que a empresa já atuava na distribuição desses produtos desde os anos de 1990. “Com a proposta da Eaton de aumentar o nosso escopo de atuação, enxergamos a necessidade de mudar o nosso perfil de distribuidor pleno para um provedor de soluções em engenharia”, explica Evandro Esteves, Chief Commercial Officer (CCO) da Polar. A Eaton entendeu que a Polar seria a parceira ideal nesse negócio e, então, em janeiro de 2020 foi feita a transferência do portifólio dos equipamentos de segurança aumentada ETO (Engineered to Order) da CEAG e, paralelamente, aconteciam as negociações para realizar o mesmo processo com os equipamentos à prova de explosão da marca Blinda.

Os produtos ETO (caixas de junção, botoeiras e painéis) da marca Eaton-CEAG já estão sendo fabricados e comercializados pela Polar, fruto do programa de transferência de tecnologia CAP (Certified Assembly Partner), conduzido pela Eaton-CEAG na Alemanha. O foco agora está na organização da empresa para o relançamento dos equipamentos Blinda, marca já conhecida e respeitada pelo mercado brasileiro, previsto para o início do segundo semestre de 2022. Esteves comenta que a Polar adquiriu todo o maquinário, as patentes e os direitos sobre a marca Blinda. “Seguiremos com a mesma qualidade dos produtos e de atendimento, só que agora com fabricação da Polar”, completa.

No Brasil, a Eaton segue comercializando somente os produtos de catálogo da marca CEAG, como luminárias, plugues e tomadas, mas todo o portfólio que envolve engenharia e customização de equipamentos migrou para a Polar, que importa os componentes diretamente da Alemanha e executa os projetos e montagens localmente.

 

O maior range de soluções

 

Esteves conta que esta aquisição está alinhada com o plano de negócios da empresa, aumentando sua presença em mercados onde técnicas de proteção como o Ex ‘d’ (à prova de explosão) ainda são largamente utilizadas. “Somado ao recente acordo de transferência de tecnologia através do programa CAP, a Polar torna-se um dos fabricantes brasileiros com o maior range de soluções em equipamentos para áreas classificadas no Brasil”, afirma.

“Estamos muito motivados. Esta é uma grande oportunidade para crescermos e nos tornarmos players ainda mais relevantes para o mercado nacional. A primeira mudança que a gente já percebe com a mudança no perfil da empresa é que, agora como fabricantes, novas portas começam a ser abertas. Com a Blinda, a partir de 2022, a Polar passa a ter o portfólio mais completo de produtos EX no Brasil e, a partir desse momento, nossa expectativa é que a empresa experimente um crescimento expressivo”, avalia o executivo.

Atualizado em 1 de outubro de 2021 por Redação

Fazer um comentário

Política de Privacidade
When you visit our website, it may store information through your browser from specific services, usually in form of cookies. Here you can change your privacy preferences. Please note that blocking some types of cookies may impact your experience on our website and the services we offer.
O Setor Elétrico