Espaço CINASE TEC

A mecânica Newtoniana é insuficiente para calcular e projetar linhas aéreas de transmissão

*por Geraldo Roberto de Almeida   RESUMO Nos últimos 100 anos, temos usado a mecânica Newtoniana para calcular e projetar  linhas  aéreas  de  transmissão de energia elétrica. A maioria das linhas aéreas de transmissão no mundo foram projetadas em AC  (corrente  alternada) com  bundles de no máximo 4 condutores por fase. Linhas em  AC  geralmente  tem comprimento limitado em cerca 500 km por limitações da modalidade AC, mesmo que atualmente os FACTS (Flexible AC Transmission Systems) tenham aumentado em muito…

Análise da qualidade dos materiais utilizados em sistemas de aterramento de linhas de transmissão, com úteis aplicações dos condutores bimetálicos – Parte 2

por Galeno Lemos Gomes* 1- Introdução No  Setor  Elétrico  Brasileiro,  a  indisponibilidade  de  linhas  de transmissão de 230kV por falhas transitórias, principalmente causadas por descargas atmosféricas (cerca de 70% considerando religamentos e cerca de  30%  com  desligamentos  permanentes),  são extremamente  indesejáveis.  Além  de  gerar  altos  prejuízos  aos  consumidores,  também  possibilitam  a  incidência  de   multas e cobranças para as empresas do setor de transmissão de energia elétrica, quando ultrapassado o limite  máximo  de  desligamentos por 100 quilômetros por ano de cada…

Análise da qualidade dos materiais utilizados em sistemas de aterramento de linhas de transmissão, com úteis aplicações dos condutores bimetálicos

por Galeno Lemos Gomes 1-Introdução No Setor Elétrico Brasileiro, a indisponibilidade de linhas de transmissão de 230kV por falhas transitórias, principalmente causadas por descargas atmosféricas (cerca de 70% considerando religamentos e cerca de 30% com desligamentos permanentes), é extremamente indesejável. Além de gerar altos prejuízos aos consumidores, também possibilita a incidência de multas e cobranças para as empresas do setor de transmissão de energia elétrica, quando ultrapassado o limite máximo de desligamentos por 100 quilômetros por ano de cada uma…

Cabos aéreos Para linhas de Transmissão de Energia elétrica – O aterramento em linhas de transmissão

por Geraldo de Almeida* Resumo O aterramento em linhas de transmissão, mas também em qualquer parte de um sistema elétrico, existe para protegê-lo contra voltagens que excedam o nível básico de isolamento do sistema quando este for aéreo. Quando isolado, geralmente, ele é auto protegido contra descargas elétricas que entrem pela porta não isolada. De qualquer forma, quase sempre, a engenharia prevê a instalação de um para-raio na interface aéreo-isolada. De modo geral, em linhas aéreas de transmissão, o aterramento…

Perfil do Novo Profissional de Proteção e Automação do Sistema Elétrico

Resumo Na era das subestações digitais, com a “chegada” dos Intelligent Electronic Devices (IEDs), baseados na norma IEC 61850, ficam evidentes as diversas possibilidades para construção e implementação das filosofias de proteção, supervisão e controle. Todo este novo contexto traz à tona diversos questionamentos sobre o nível de maturidade das empresas frente a este novo cenário, qual o investimento necessário para a capacitação do corpo técnico e de gestão e o quanto isso impacta no dia a dia dos profissionais…

Sobretensões Atmosféricas em Redes de Baixa Tensão

por Alexandre Piantini* Este trabalho apresenta os principais mecanismos através dos quais as descargas atmosféricas podem gerar distúrbios eletromagnéticos em redes de distribuição de baixa tensão.   I – INTRODUÇÃO A proliferação de equipamentos e dispositivos eletrônicos sensíveis a interferências, o crescimento do nível de exigência dos consumidores e os prejuízos decorrentes de problemas de qualidade de energia têm enfatizado a importância de se conhecer as características dos distúrbios em redes de baixa tensão. Em função da baixa suportabilidade das…

A eficiência energética como fator de competitividade e alternativa de transição

por Dr. Roberto Musser – Especialista em Regulação e Gestão pela UFBA. Em tempos de Geração Distribuída (GD), Smarts e Audiência Pública (AP) 001/2019 da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) sobre o sistema de compensação da micro e minigeração distribuída de energia elétrica (Portaria 482/12) fica latente a assimetria de informações entre os players. Cada um com a sua perspectiva de defesa de interesses, com polarizações que vão de pequenos empreendedores independentes até grandes corporações com discursos por vezes…

O painel que enxerga todas as coisas

por José Carlos Procópio e Henrique Santos É notável, ao longo de 120 anos de trajetória, que de tempos em tempos surgem evoluções significativas nas soluções para distribuição elétrica em média tensão. Toda essa evolução no faz refletir e revisar conceitos e hábitos. Soluções consideradas relevantes para épocas passadas, frente à evolução tecnológica, não se mantém hoje tão relevantes. O setor elétrico vem vivendo um momento de transformação digital, impulsionado por projetos de redes inteligentes (smart grids), colocando-se na linha…

Conectividade em painéis elétricos

Utilizando a Internet das coisas (IoT) para oferecer instalações mais seguras e confiáveis Introdução Embora muitas vezes não encarado com a devida importância, os equipamentos elétricos dentro de uma subestação funcionam como o coração de toda instalação, sendo parte integrante de qualquer tipo de negócio. Segurança e disponibilidade de energia são os maiores objetivos de qualquer gerente de planta, que por sua vez procura uma condição ininterrupta e contínua de operação. Segundo estudo publicado pela “Source Hartford Steam Boiler Insurance”…

“Cidade inteligente” e a iluminação

Por Marcia Antonio* As cidades se formam e se transformam através dos séculos buscando, a partir das suas necessidades, se tornarem melhor habitadas, governadas e sustentadas. Uma cidade é um organismo vivo, com personalidade própria, e que desde o princípio teve dentre seus objetivos a organização urbana nas mais diversas áreas da atividade humana. Nesse espaço social, os indivíduos assumem suas características peculiares, mesmo que movidos por objetivos distintos, pois têm na cidade uma significativa forma de representação, produzindo uma…