Transmissão
jobson-modena-200

A ABNT NBR 5419 permite o uso de chapa metálica como elemento natural no subsistema de captação?

O subsistema de captação de um sistema de proteção conta descargas atmosféricas é responsável pela interceptação da descarga atmosférica. Esse subsistema desempenha um papel fundamental na dinâmica da proteção. Em primeira análise, sempre pensamos na adição de elementos captores como postes, mastros, captores tipo Franklin, malhas de condutores (cabos ou barras), porém, está provado que elementos naturais oferecem melhor desempenho na proteção. Estruturas metálicas existentes na edificação (de suporte, decoração, segurança, como a estrutura metálica das coberturas, telhados, etc.), após…

Grupo Prysmian fornecerá 350 km de cabos umbilicais para a Petrobras

O Grupo Prysmian fechou um contrato para o fornecimento de 350 km de cabos umbilicais eletro-hidráulicos de alta performance em águas profundas, usando tubos de aço e tecnologia termoplástica, juntamente com serviços offshore e logísticos especializados para a Petrobras. O contrato, no valor aproximado de 92 milhões de euros, tem como objetivo atender à demanda tecnológica de atualização de instalação e operação em projetos brownfield e greenfield no Brasil. Tubos umbilicais de aço e termoplásticos serão projetados, produzidos, testados e…

liga de aluminio

Alubar alcança marca de 250 mil toneladas de cabos de alumínio faturadas

A Alubar alcançou, no primeiro semestre deste ano, a marca de 250 mil toneladas de cabos elétricos de alumínio liga 1120 faturadas, desde o início do desenvolvimento do produto em 2013. A empresa, que é líder de mercado na América Latina na fabricação de condutores elétricos de alumínio e uma das maiores produtoras de vergalhões de alumínio do continente, é a única fabricante do Brasil a atingir um patamar tão alto de entrega de volumes deste tipo de cabo no…

daniel-bento

Concessionárias de transmissão: gestão da O&M em cabos subterrâneos AT

A coluna técnica deste mês é especial porque eu tenho a satisfação de escrevê-la em parceria com o colega Rogério Pereira de Camargo*. O Eng. Rogério Camargo tem uma longa experiência com O&M em concessionárias de transmissão e junto comigo irá compartilhar um pouco do seu conhecimento sobre O&M de linhas de transmissão subterrâneas de alta tensão. Os cabos subterrâneos, em sua maior quantidade, eram instalados em um nível de tensão até 138 kV e operados pelas concessionárias de distribuição….

transmissao-energia

Os desafios para a expansão da transmissão

O Brasil possui uma malha de transmissão extensa e altamente complexa, dadas as características do nosso sistema de fornecimento de energia elétrica e as dimensões territoriais continentais. É papel da transmissão fazer a ligação entre os pontos de geração e de consumo, o que, no caso do Brasil, significa percorrer grandes distâncias, em sua maioria, aéreas e sujeitas às condições climáticas. Uma das características mais marcantes do nosso sistema de abastecimento de eletricidade é a geração centralizada de usinas hidrelétricas…

A mecânica Newtoniana é insuficiente para calcular e projetar linhas aéreas de transmissão

*por Geraldo Roberto de Almeida   RESUMO Nos últimos 100 anos, temos usado a mecânica Newtoniana para calcular e projetar  linhas  aéreas  de  transmissão de energia elétrica. A maioria das linhas aéreas de transmissão no mundo foram projetadas em AC  (corrente  alternada) com  bundles de no máximo 4 condutores por fase. Linhas em  AC  geralmente  tem comprimento limitado em cerca 500 km por limitações da modalidade AC, mesmo que atualmente os FACTS (Flexible AC Transmission Systems) tenham aumentado em muito…

Análise da qualidade dos materiais utilizados em sistemas de aterramento de linhas de transmissão, com úteis aplicações dos condutores bimetálicos – Parte 2

por Galeno Lemos Gomes* 1- Introdução No  Setor  Elétrico  Brasileiro,  a  indisponibilidade  de  linhas  de transmissão de 230kV por falhas transitórias, principalmente causadas por descargas atmosféricas (cerca de 70% considerando religamentos e cerca de  30%  com  desligamentos  permanentes),  são extremamente  indesejáveis.  Além  de  gerar  altos  prejuízos  aos  consumidores,  também  possibilitam  a  incidência  de   multas e cobranças para as empresas do setor de transmissão de energia elétrica, quando ultrapassado o limite  máximo  de  desligamentos por 100 quilômetros por ano de cada…

Linhas de transmissão Subterrâneas – Comissionamento

Em minhas últimas colunas, tenho abordado as redes subterrâneas de média tensão existentes nas cidades e nas usinas espalhadas pelo Brasil gerando energia elétrica. Nesta coluna, elevarei o nível de tensão da nossa conversa para tratar deste tipo de rede, porém, em alta tensão. Há muito conhecimento e muitas técnicas para tratar de linhas de transmissão subterrânea em alta tensão, e por esse motivo, o Cigré, uma comunidade internacional destinada a fomentar a troca de experiência entre profissionais que atuam…

Análise da qualidade dos materiais utilizados em sistemas de aterramento de linhas de transmissão, com úteis aplicações dos condutores bimetálicos

por Galeno Lemos Gomes 1-Introdução No Setor Elétrico Brasileiro, a indisponibilidade de linhas de transmissão de 230kV por falhas transitórias, principalmente causadas por descargas atmosféricas (cerca de 70% considerando religamentos e cerca de 30% com desligamentos permanentes), é extremamente indesejável. Além de gerar altos prejuízos aos consumidores, também possibilita a incidência de multas e cobranças para as empresas do setor de transmissão de energia elétrica, quando ultrapassado o limite máximo de desligamentos por 100 quilômetros por ano de cada uma…

Cabos aéreos Para linhas de Transmissão de Energia elétrica – O aterramento em linhas de transmissão

por Geraldo de Almeida* Resumo O aterramento em linhas de transmissão, mas também em qualquer parte de um sistema elétrico, existe para protegê-lo contra voltagens que excedam o nível básico de isolamento do sistema quando este for aéreo. Quando isolado, geralmente, ele é auto protegido contra descargas elétricas que entrem pela porta não isolada. De qualquer forma, quase sempre, a engenharia prevê a instalação de um para-raio na interface aéreo-isolada. De modo geral, em linhas aéreas de transmissão, o aterramento…