Instalação de baixa tensão

Normatização das redes elétricas – Certificação das instalações elétricas e conscientização

Edição 119 – Dezembro de 2015 Por Sidnei Ueda* Em janeiro do ano passado, o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) publicou uma portaria que estabelece a certificação voluntária das instalações de baixa tensão no Brasil. Segundo o Artigo 3º, da Portaria nº 51, de 28 de janeiro de 2014, fica instituído “no âmbito do Sistema Brasileiro de Avaliação da Conformidade – SBAC, a certificação voluntária para Instalações Elétricas de Baixa Tensão, a qual deverá ser realizada por…

Normatização das redes elétricas – a crítica situação das instalações elétricas brasileiras

Edição 117 – Outubro de 2015 Dicas de instalação: Normatização Por Sidnei Ueda* Este é o primeiro artigo de uma série especial que será publicada durante as próximas edições da revista O Setor Elétrico. O assunto abordado será a relevância da normatização das instalações elétricas, com apoio de opiniões de importantes entidades do setor. Com esta iniciativa, procuro colaborar com as discussões e apresentar alternativas para este problema que atinge inúmeros imóveis comerciais e residenciais. 

Dispositivos elétricos de proteção, manobra e comando BT-MT

Edição 113 – Junho de 2015 Momento econômico deixa mercado de dispositivos elétricos apreensivo Grande parte das empresas do setor acredita que a desaceleração da economia brasileira é o fator que causará mais impacto no crescimento do mercado de dispositivos elétricos, no entanto, para consumidores destes produtos, trata-se de um setor em franco crescimento A situação econômica atual do país é a principal razão para as projeções menos otimistas dos fabricantes e distribuidores de dispositivos de proteção e seccionamento de…

Motores elétricos e o consumo setorial de energia

Edição 112 – Maio de 2015 Dicas de instalação: Motores elétricos Por Cesar Agarelli* Recentemente, a exemplo dos anos anteriores, foram divulgados os dados do relatório BIG da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), informando que a capacidade instalada no Brasil em 2014 chegou a 132 mil megawatts (MW) provenientes de 3.907 usinas hidrelétricas, termelétricas, eólicas, nucleares, pequenas centrais hidrelétricas, centrais geradoras hidrelétricas e solares. Em complemento, o relatório divulga que o Brasil dobrará sua capacidade instalada em 15 anos.