Geração distribuída
Design sem nome (81)

Neoenergia inicia operação de minigeração solar em Pernambuco

Redução das emissões de carbono e combate às mudanças climáticas fazem parte da agenda atual das empresas que visam um futuro mais sustentável. O uso de fontes limpas de energia, como a solar, é uma forte tendência. Alinhada nessa direção, a Neoenergia inicia a operação de quatro sistemas de minigeração fotovoltaica no interior de Pernambuco, com capacidade instalada de 851 kWp. As novas operações impulsionam a atuação do grupo no segmento de Soluções Energéticas oferecidas a clientes finais. “Comercializamos energia…

Design sem nome (80)

Câmara aprova PL para micro e minigeradores de energia solar

A Câmara dos Deputados aprovou ontem, dia 18/08, Projeto de Lei que estabelece uma transição para a cobrança de encargos e tarifas de uso dos sistemas de distribuição por parte dos micro e minigeradores de energia elétrica. A proposta (PL 5829/19), de autoria do deputado Silas Câmara (Republicanos-AM), será agora enviada ao Senado. De acordo com o texto, até 2045 os micro e minigeradores já existentes pagarão os componentes da tarifa somente sobre a diferença, se positiva, entre o consumido…

crispim

PL 5829 e as melhores práticas em Geração Distribuída

A Geração Distribuída (GD) está ganhando cada vez mais atenção da sociedade pelos resultados econômicos para os que geram sua própria energia, pela enorme quantidade de emprego e renda que propicia, além de contribuir para a descarbonização e diversificação da matriz energética, e ainda com grandes benefícios para a saúde pública pela redução de poluição ambiental. A GD propicia também ganhos significativos para o sistema elétrico, principalmente no estágio inicial de penetração na matriz energética, como é o caso do…

crispim

Projeto de Lei 5829/2019 – Marco legal da GD

Recentemente, o Brasil alcançou a marca de 430 mil sistemas de geração distribuída de energia elétrica conectados à rede – painéis solares em telhados, em terrenos, usinas de biomassa, biogás, CGHs, entre outros projetos que se enquadram nessa modalidade. O número de instalações em 2020, mesmo em meio a pandemia, foi 60% maior do que no ano anterior, segundo os dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Apenas neste início de 2021, já foram instalados mais de 70 mil…

ronaldo-koloszuk-200

O arcabouço legal da geração distribuída

O mercado de geração distribuída (GD) se desenvolveu de forma acelerada nos últimos anos, na esteira da regulamentação vigente, a Resolução Normativa da Aneel nº 482/2012, em especial, a partir da sua revisão, em 2015, por meio da Resolução Normativa Aneel nº 682/2015. Desde o final de 2018, quando se iniciaram os debates sobre a programada revisão da REN 482 pela Aneel, a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar) desenvolveu uma série de análises técnicas e econômicas aprofundadas para…

crispim

De volta às bandeiras tarifárias

A matriz elétrica brasileira é predominantemente limpa e majoritariamente hídrica, porém, seguimos emitindo uma quantidade excessiva de carbono com a geração de energia elétrica, pois constantemente precisamos ligar as térmicas. Basta uma pequena oscilação positiva no consumo, ou um agravamento da situação hídrica, que mantém nossos reservatórios cada vez mais baixos há anos, para que o sistema de bandeiras seja acionado. O recurso de arrecadar fundos para custear térmicas mais caras e sinalizar para o consumidor que é o momento…

daniel-bento-200

A importância da confiabilidade das redes elétricas subterrâneas para a vacina do Butantan

Escrevo essa coluna dias após a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) ter liberado o uso emergencial das vacinas Coronavac e da Universidade de Oxford para uso contra o novo Coronavírus. Particularmente, estou feliz por poder escrever o primeiro artigo do ano com uma notícia boa que traz esperança para 2021. Acredito que todos acompanharam nos últimos meses as discussões, muitas vezes inflamadas, sobre a confiabilidade ou não da vacina do Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac,…

ronaldo-koloszuk-200

Energia solar: novas tecnologias e modelos de negócio para a recuperação econômica do Brasil

Simultaneamente ao enfrentamento da Covid-19, um dos principais debates do mundo neste momento está em como reativar o crescimento da economia global e dos países no pós-pandemia. Diversos países, com o apoio de suas autoridades e especialistas, avaliam, com razão, que a estratégia de recuperação deve incluir iniciativas sustentáveis. Dentre as ações sustentáveis com forte potencial de aceleração econômica, as fontes renováveis oferecem uma plataforma estável e segura para aliar políticas econômicas de curto prazo, com foco na atração de…

jose-starosta-200

Os Desafios da Geração e Transmissão

No final de 2019, o Seminário Nacional de Produção e Transmissão de Energia Elétrica (SNPTEE), realizado em Belo Horizonte (MG), sediou a apresentação de mais um grande congresso brasileiro. Nossas dimensões continentais nos permitem resolver não só os sérios problemas técnicos relacionados à estabilidade, confiabilidade e manutenção destes sistemas elétricos, suas interligações e regras de contingência, mas também a manter os sistemas operando de forma sustentável, adequada e viável financeiramente, e esta última variável parece ser o maior desafio. A…

Desafios na proteção de microrredes

A sociedade atual apresenta uma crescente demanda por uma energia de melhor qualidade, com um número menor de interrupções em seu fornecimento. Paralelamente, são cada vez maiores a necessidade e a pressão por uma transição para uma sociedade sustentável, buscando a redução de emissões de CO2 através da utilização de fontes alternativas ao petróleo e o aumento da eficiência energética. Neste contexto, as redes de distribuição de energia convencionais estão sofrendo uma grande mudança, transformando-se de redes radiais de fluxo…