Renováveis

Geração de energia alternativa cresce 13% no último ano

Seguindo tendência mundial, o investimento em energia limpa vem aumentado. E fontes como petróleo, carvão e gás vêm dando lugar à energia eólica, solar e hidráulica. Segundo estudo da Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia (Abraceel), houve aumento de 13% na geração de energia alternativa no último ano. O dado se refere ao Ambiente de Comercialização Livre (ACL), segmento onde se realizam as operações de compra e venda de energia elétrica. Para entrar nesse mercado, a demanda do consumidor tem…

Investimento em renováveis não aumenta custos e nem afeta competitividade do setor elétrico no Brasil, diz estudo

O Instituto Escolhas lançou o estudo “Quais os reais custos e benefícios das fontes de geração elétrica no Brasil?”, no mês de outubro, apontando que a expansão de fontes renováveis não aumentaria custos ou afetaria competitividade do setor elétrico no Brasil.  Segundo a pesquisa, o Brasil, até 2026, pode aumentar a participação de renováveis em sua matriz elétrica sem que isso acarrete custos significativos para a operação do sistema elétrico, cumprindo assim as diretrizes do Plano Decenal de Energia 2026….

Por que o Brasil exporta empregos para a Ásia?

O mercado solar fotovoltaico no Brasil está aquecido e possui um futuro promissor. Em 2017, atingimos 1.145 MW de potência instalada da fonte solar fotovoltaica na matriz elétrica nacional e em 2018 ultrapassaremos a marca histórica de 2.000 MW provenientes desta fonte renovável, limpa, competitiva e sustentável. Seria natural associar este crescimento à visão de novas fábricas com importante geração de empregos para a população. Muitas empresas apostaram no desenvolvimento desta indústria estratégica no País: são mais de 40 fabricantes…

O sol nasceu para todos ou para poucos?

A energia solar fotovoltaica vem crescendo exponencialmente nos últimos anos no Brasil e projeções oficiais e de mercado mostram que estamos apenas começando o ciclo de desenvolvimento desta fonte renovável e limpa na matriz elétrica brasileira. Hoje, a fonte solar fotovoltaica representa menos de 1% da matriz elétrica como um todo. Projeções do governo apontam que, até 2030, a fonte representará pelo menos 10% da matriz, enquanto a Bloomberg New Energy Finance sinaliza que, até 2040, ela será 32% da…

Geração distribuída solar fotovoltaica: competitividade e eficiência para a matriz

A geração distribuída avança rápido no Brasil. Desde 2012, com a Resolução Normativa ANEEL nº 482, as instalações cresceram com força, atingindo mais de 30 mil sistemas, dos quais mais de 99% utilizam a fonte solar fotovoltaica. Diferentes fatores têm favorecido a evolução do mercado solar fotovoltaico, com destaque para a redução dos custos de bens e serviços, fruto do ganho de escala no mercado mundial e da rápida evolução das empresas integradoras que se dedicam aos serviços de vendas,…

O papel e o valor agregado da geração centralizada solar fotovoltaica para a sociedade

Um fato presente nos últimos anos e fortemente acentuado pela crise hídrica e pelo baixo volume nos reservatórios das hidrelétricas é que o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) tem despachado por longos períodos termelétricas a óleo combustível, em especial na região Nordeste, a preços superiores a R$ 800,00/MWh (somadas a receita fixa e o custo variável pago ao gerador apenas se o ONS precisar operar). A operação destas termelétricas a óleo combustível, por motivos de segurança energética, acaba onerando…