“Dá cá”, antes do “Toma lá”. As moscas mudam!

O desencanto toma o moral da tropa, enquanto alguns bravos tentam levar a coisa com dignidade, encontram pelo caminho sorrateiros inimigos em franca negociação. Não há como botar o nosso País nos trilhos sem uma dose de sacrifício coletivo e ajuste de contas. Os ovos devem ser quebrados. Os indicadores econômicos na contramão neste final de maio indicam a estagnação dos projetos enquanto as reformas não chegam.

Naturalmente, os cortes de verbas têm que ser feitos como o seriam em qualquer empresa privada em que a conta não pode ser menor que zero; agora, elegantemente tratado por contingenciamento. O tema da verba da educação das universidades federais expõe mais ainda algumas mazelas e baixarias de todos os lados. Não bastasse isso, observa-se um cenário internacional pouco promissor, com as constantes rugas dos ianques com os chineses e iranianos que podem empelotar ainda mais o nosso angu de cada dia – e que ele não falte!

Bom mesmo é acompanhar alguns bons nichos de economia no Brasil que insistem em continuar produzindo e buscando crescimento. Parabéns a eles; pena que a agricultura (já bem mecanizada) emprega pouca mão de obra. A “pegada” de tecnologia, indústria 4.0, IoT e outros sinaliza claramente para a necessária especialização de nossa mão de obra. É hora de reciclar nossas equipes.

A turma do CINASE voltou da lindíssima Floripa com gosto de quero mais. O evento de maio foi espetacular e superou as expectativas. Mais uma etapa de sucesso, que será certamente repetido em Belo Horizonte. Sempre é hora de esperar por uma virada, que ela venha rápida com a vitória, e que os custos tratados e ajustados sejam só aqueles que precisam ser equilibrados. Que desta vez, os bolsos dos negociadores não sejam contaminados com desvios de cursos e recursos; será que dá?

José Starosta é diretor da Ação Engenharia e Instalações e membro da diretoria do Deinfra-Fiesp e da SBQEE. É consultor da revista O Setor Elétrico

[email protected]

Atualizado em 18 de agosto de 2021 por Maria Elisa Vaiser

Posts Relacionados

Política de Privacidade
When you visit our website, it may store information through your browser from specific services, usually in form of cookies. Here you can change your privacy preferences. Please note that blocking some types of cookies may impact your experience on our website and the services we offer.
O Setor Elétrico