Engie alcança 1,26 GW de capacidade em eólica no Brasil

A Engie finalizou a implantação do Conjunto Eólico Campo Largo 2, nos municípios de Umburanas e Sento Sé, na Bahia. Com investimento de R$ 1,6 bilhão, o empreendimento incrementou 361,2 MW ao portfólio da companhia e ao sistema elétrico nacional. Com isso, a Engie chega a 1.266,8 MW de capacidade instalada em energia eólica no Brasil, dos quais mais de 1 GW apenas na Bahia, considerando, além de Campo Largo 2, os conjuntos eólicos Campo Largo 1 e Umburanas que entraram em operação em 2018 e 2019.

“As sinergias existentes na região, entre elas a utilização da mesma subestação, linha de transmissão, infraestrutura de canteiro e acessos internos, possibilitaram a aceleração da entrega deste empreendimento. Além disso, mesmo diante da pandemia por Covid-19, o alto comprometimento e a experiência dos nossos times em campo foram diferenciais na gestão deste projeto em meio a tantos desafios”, disse Eduardo Sattamini, Diretor-Presidente e de Relações com Investidores da ENGIE Brasil Energia.

As obras do Conjunto Eólico Campo Largo 2 foram iniciadas em julho de 2019 e os primeiros aerogeradores começaram a ser montados em julho de 2020, atividade realizada paralelamente à ampliação da subestação e implantação das redes de média tensão. A entrada em operação comercial do primeiro parque aconteceu em fevereiro de 2021 e, em agosto, foram finalizadas as montagens dos 86 aerogeradores e o comissionamento de todas as máquinas. Confira mais notícias sobre o setor de energia eólica aqui.

Por conta da grandiosidade do empreendimento, a logística para o transporte de equipamentos de grande porte e a pandemia de Covid-19 foram alguns dos maiores desafios da obra, que gerou aproximadamente 2.200 postos de trabalho, chegando a contar com 1.500 trabalhadores no pico de produção, em mais de 40 frentes de trabalho paralelas. Foram cerca de 4.600 toneladas de aço e 47 mil m³ de concreto utilizados, além da implantação de 75 quilômetros de acessos internos e 101 km de redes de média tensão, com mais de mil postes.
Como contrapartida, a Engie investiu mais de R$ 17 milhões em projetos sociais na região de Umburanas e Sento Sé desde 2016, incluindo iniciativas nas áreas de saúde, esporte, segurança, educação, infraestrutura, lazer, entre outras.

Imagem: Engie Brasil Energia.

Atualizado em 30 de agosto de 2021 por Redação

Fazer um comentário

Política de Privacidade
When you visit our website, it may store information through your browser from specific services, usually in form of cookies. Here you can change your privacy preferences. Please note that blocking some types of cookies may impact your experience on our website and the services we offer.
O Setor Elétrico