Geração de usinas a biomassa cresce 3% em 2019

São Paulo, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais lideram produção de energia elétrica a partir desta fonte

Números divulgados pela Câmara de Comércio de Energia Elétrica (CCEE) revelam que a geração de energia das usinas térmicas a biomassa aumentou 3% em 2019, quando comparado com o ano anterior. Ao todo, o Brasil produziu 3.108,6 MW médios, superando o resultado de 3.007,1 MW médios de 2018.

O crescimento decorre principalmente da ampliação do número de empreendimentos dedicados à produção de energia a partir de biomassa. Em 2019 foram contabilizadas 295 usinas em dezembro contra 274 no mesmo mês de 2018.

A capacidade instalada também apresentou crescimento, com 13,09 GW aferidos em dezembro de 2019, 2% maior que os 12,82 GW do mesmo mês no ano anterior.

Abaixo, gráfico com o comportamento mês a mês, comparando-se os anos de 2019 e 2018.

São Paulo lidera produção

Com 41% da capacidade instalada das usinas a biomassa do país, o estado de São Paulo é o maior produtor de energia elétrica a partir desta fonte. Em 2019, a produção cresceu 5%, alcançando 1.391 MW médios. Mato Grosso do Sul, com 514,9 MW médios, e Minas Gerais, com 390,4 MW médios, completam a lista dos maiores geradores a biomassa no ano passado.

Atualizado em 7 de junho de 2021 por Henrique Vaiser

Posts Relacionados

Política de Privacidade
When you visit our website, it may store information through your browser from specific services, usually in form of cookies. Here you can change your privacy preferences. Please note that blocking some types of cookies may impact your experience on our website and the services we offer.
O Setor Elétrico