Leds: iluminação do presente ou do futuro?

Ed. 61 – Fevereiro de 2011

Por Juliana Iwashita

Muito vem se falando dos Leds para iluminação. Sua alta eficiência luminosa, elevada vida útil e ausência de componentes nocivos como mercúrio vêm atraindo cada vez mais especificadores e clientes finais preocupados com a conservação de energia e o meio ambiente.

No mercado atualmente observa-se uma infinidade de produtos. Estão cada vez mais comuns lâmpadas de Leds, as populares lampleds para substituições diretas de incandescentes, dicróicas, halógenas refletoras e fluorescentes tubulares. Porém, são as luminárias, especialmente projetadas com esta fonte luminosa, os produtos que oferecem maior eficiência e vida útil por possuírem maior área e dimensionamento para dissipação de calor.

Entretanto, o desconhecimento da nova tecnologia e a presença de muitos fornecedores dificultam a identificação dos produtos de qualidade pelos compradores e usuários finais.

Questões como procedência e qualidade do Led, eficiência luminosa, vida útil real, variação da temperatura de cor e dados elétricos, como fator de potência, distorção harmônica e eficiência da fonte de alimentação são raramente informados pelos fornecedores e podem ocultar futuros problemas nas instalações.

A ausência atual de uma normalização brasileira específica para produtos de Leds também dificulta o processo, embora se encontre em andamento trabalhos normativos específicos para luminárias públicas e equipamentos para Leds junto ao Comitê Brasileiro de Eletricidade, Eletrônica, Telecomunicações e Iluminação (Cobei) e à Associação Brasileira da Indústria de Iluminação (Abilux).

Constata-se assim um cenário atual com usuários almejando usar a tecnologia, grande oferta de produtos, porém, com pouco respaldo técnico. O resultado é a grande probabilidade de casos mal sucedidos em função da busca orientada a preços baixos.

A iluminação a Led é realidade atual para diversas aplicações, principalmente quando substitui lâmpadas pouco eficientes como incandescentes e halógenas. Para aplicações profissionais já existem soluções tão eficientes quanto sistemas para fluorescentes, porém, o custo ainda permanece alto se analisarmos sob o ponto de vista do retorno do investimento inicial.

A tendência, no entanto, é uma penetração cada vez maior da tecnologia em função da projeção da redução do custo dos componentes e do aumento da eficiência luminosa dos Leds. Observa-se anualmente uma redução de cerca de 20% na relação custo por fluxo luminoso (R$/lm).

Atualmente, a eficiência do chip de Led branco frio chega a 130 lm/W. E como pode ser analisado no Gráfico 1, a tendência para evolução da tecnologia é rápida e progressiva. Estima-se que em 2020 a eficiência do Led branco frio supere 200 lm/W. Comparando com a eficiência de 100 lm/W das lâmpadas fluorescentes tubulares mais eficientes atualmente, concluímos que a iluminação a Led realmente tem mercado atual e cada vez mais no futuro, quando a relação custo benefício se tornar mais atrativa.

Vantagens:

– Vida útil maior do que as lâmpadas convencionais;

– Menor manutenção;

– Maior robustez mecânica;

– Menor risco de choque elétrico;

– Emissão de luz monocromática, dispensando a utilização de filtros;

– Ausência de radiação ultravioleta e infravermelha;

– Ausência de mercúrio ou outros elementos agressores ao meio ambiente;

– Possibilidade de utilização com eficiência em baixas temperaturas;

– Permite efeitos e composição de luz (RGB);

– Pode ser dimerizado.

Desvantagens:

– Custo de aquisição ainda é elevado;

– Liberam a potência dissipada em forma de calor;

– Muitos produtos no mercado sem qualidade

– Ainda não existe uma normalização brasileira que permita uma classificação correta do produto e das fontes de alimentação.

Gráfico 1: Roadmap da eficiência luminosa da tecnologia Led branco

Fonte: Associação Japonesa de Leds (JLEDs)

Atualizado em 29 de julho de 2021 por Simone Vaiser

Política de Privacidade
When you visit our website, it may store information through your browser from specific services, usually in form of cookies. Here you can change your privacy preferences. Please note that blocking some types of cookies may impact your experience on our website and the services we offer.
O Setor Elétrico