Os benefícios da certificação Led

Até 2020 a expectativa é de que cerca de 70% do faturamento em iluminação seja em Led. Há alguns anos, seria inimaginável afirmar esse percentual já que, apesar dos benefícios oferecidos por essa tecnologia, o alto valor para aquisição desses produtos tornava inviável a popularização. No entanto, o Led avançou e a certificação do Inmetro marca um importante momento de respeito à qualidade e aos consumidores.

Atualmente, cerca de 20% da população brasileira utiliza lâmpadas Led. Muitos, motivados pela necessidade de economia após o aumento nas faturas de energia, optaram por essa tecnologia que consome até 90% menos. Porém, há ainda outras vantagens capazes de conquistar quem decide adquirir produtos em Led, como, por exemplo, a durabilidade de até 50 vezes mais, completando aproximadamente 25 mil horas. No entanto, para assegurar que todos esses benefícios sejam, de fato, entregues às pessoas é fundamental a certificação do Inmetro.

Desde o final de 2016 uma nova regulamentação obriga que todas as lâmpadas de Led importadas e produzidas no Brasil sejam certificadas. A mudança visa garantir um melhor custo-benefício ao consumidor, garantindo produtos com maior qualidade e durabilidade. Porém, até 17 de junho do próximo ano ainda será possível encontrar nas prateleiras do varejo produtos sem o selo do Inmetro, que foram adquiridos pelos lojistas antes da obrigatoriedade. Por isso, é preciso que os clientes fiquem atentos aos detalhes da embalagem.

É importante ressaltar que a certificação beneficia desde consumidores e lojistas até importadores e fabricantes, já que acaba com a competição desleal e garante a qualidade dos produtos, estimulando a concorrência saudável.

O futuro do Led é extremamente promissor em todo o mundo e, evidentemente, no Brasil não seria diferente. Mais econômico, duradouro, eficiente e sustentável, já que não leva mercúrio na produção, são diversas as vantagens desse tipo de tecnologia. Estamos dando um importante passo com a certificação, uma demonstração de que, aos poucos, avançamos na construção de um ambiente saudável para o crescimento do Led e desenvolvimento dessa área.

Por Afonso Schreiber, presidente da Taschibra

Edição 134 – Março de 2017

Atualizado em 7 de junho de 2021 por Simone Vaiser

Posts Relacionados

Política de Privacidade
When you visit our website, it may store information through your browser from specific services, usually in form of cookies. Here you can change your privacy preferences. Please note that blocking some types of cookies may impact your experience on our website and the services we offer.
O Setor Elétrico