Pesquisa- Distribuidores e revendedores de materiais elétricos

Mercado de materiais elétricos aguarda reação da construção

Setor apresenta sinais de leve recuperação, mas retomada depende da prosperidade econômica e melhoria da construção civil.

Distribuidores e revendas de materiais elétricos são alvo da pesquisa desta edição, que constatou que o setor apresenta sinais de recuperação, superando levemente a expectativa de crescimento projetada para 2016, conforme foi apurado por este mesmo estudo realizado há exatamente um ano. Na ocasião, as empresas que participaram da pesquisa estimaram crescimento médio de 6% para o fechamento do ano. No levantamento publicado nas próximas páginas, as companhias relevaram ter apresentado em 2016 resultados com crescimento médio de 7% na comparação com 2015. Para este ano, a estimativa é que as empresas alcancem elevação média de 9% nos seus números e que o mercado como um todo cresça, em média, 3%.

O cenário, no entanto, poderia ser muito mais positivo se a economia brasileira já estivesse de volta à trilha de crescimento. A desaceleração econômica, a falta de confiança dos investidores e a construção civil desaquecida foram os fatores mais citados pelas empresas pesquisadas como entraves ao desenvolvimento deste mercado.

Clique aqui para fazer o download da pesquisa na íntegra.

 

 

Atualizado em 13 de agosto de 2021 por Simone Vaiser

Política de Privacidade
When you visit our website, it may store information through your browser from specific services, usually in form of cookies. Here you can change your privacy preferences. Please note that blocking some types of cookies may impact your experience on our website and the services we offer.
O Setor Elétrico