Pesquisa – Medição, automação e gerenciamento de energia

Apesar da desaceleração econômica que ainda afeta o país, empresas dos mercados de testes e medição, de automação e gerenciamento de energia preveem encerrar o ano de 2017 com crescimento médio de 8,5%.

Os prognósticos não são totalmente otimistas, mas já se avista uma luz no fim do túnel, ao menos para os mercados de medição, automação e gerenciamento de energia, alvos da pesquisa de mercado desta edição. O faturamento da indústria e do setor de distribuição de equipamentos de teste e medição deve encerrar o ano de 2017 com crescimento médio de 5%. As companhias estimam que este mercado como um todo cresça em torno de 8% no período. Já as pesquisadas da área de automação e gerenciamento de energia imaginam fechar o ano com crescimento médio de 12% para seus resultados.

Em concordância com a expectativa otimista-moderada das empresas pesquisadas, segundo a Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee), o faturamento do setor eletroeletrônica deve encerrar o ano de 2017 com crescimento de 5% na comparação com o ano passado, alcançando R$ 136 bilhões. Na opinião do presidente da Associação, Humberto Barbato, os números indicam que a indústria está em processo de recuperação, devolvendo, paulatinamente, a confiança aos empresários e investidores.

Clique aqui para fazer o download da pesquisa na íntegra.

 

 

Atualizado em 13 de agosto de 2021 por Simone Vaiser

Posts Relacionados

Política de Privacidade
When you visit our website, it may store information through your browser from specific services, usually in form of cookies. Here you can change your privacy preferences. Please note that blocking some types of cookies may impact your experience on our website and the services we offer.
O Setor Elétrico