Pesquisa – Mercado de tomadas e interruptores: números aquém do esperado

Fabricantes e distribuidores do setor projetavam crescimento médio de 12% para 2016, mas realidade, constatada na pesquisa desta edição, foi de apenas 7%.

Edição 134 – Março de 2017

 

Se, no ano passado, os agentes deste mercado sentiam-se confiantes tendo em vista os reflexos da, então, recém-publicada norma ABNT NBR IEC 60309-1:2015, que trouxe os requisitos gerais para este tipo de equipamento no Brasil, agora, o cenário é outro. Na pesquisa realizada no ano passado, as empresas projetavam crescimento médio de 12% para seus resultados em 2016. No entanto, a morosidade com que a economia vem se recuperando dificulta a conquista de números melhores. Nesse sentido, para este ano de 2017, fabricantes e distribuidores de tomadas e interruptores planejam crescimento médio de apenas 7%.

Para o mercado de tomadas e interruptores como um todo, a expectativa é de crescimento de cerca de 6% para o ano. A boa notícia é que, segundo informaram as empresas que participaram do estudo, a previsão de contratação é de 6% para este ano, projeção positiva considerando os últimos índices de desemprego do país.

Confira a pesquisa na integra:

Clique aqui para fazer o download da pesquisa na íntegra.

Edição 134 – Março de 2017.

Atualizado em 13 de agosto de 2021 por Simone Vaiser

Política de Privacidade
When you visit our website, it may store information through your browser from specific services, usually in form of cookies. Here you can change your privacy preferences. Please note that blocking some types of cookies may impact your experience on our website and the services we offer.
O Setor Elétrico