Pilz inova em serviços de consultoria para segurança em máquinas

Da identificação de perigos à validação de segurança, a multinacional alemã oferece desde a avaliação completa da planta até as necessárias adequações de cada máquina. O diferencial é o uso de softwares para estabelecer as medidas de controle necessárias.

A produtividade de uma empresa está ligada a um item imprescindível: segurança. Uma máquina parada gera despesas, atrasos na produção e, ser for consequência de um acidente de trabalho, os danos são ainda mais difíceis de serem mensuráveis. Nesse caso, a prevenção é o melhor caminho para as empresas aplicarem o item segurança como investimento, e não como despesa. “Investir em segurança não pode ser visto como um custo para as empresas, mas sim como um valor, que torna o processo produtivo mais seguro, trazendo saúde e bem-estar ao trabalhador”, afirma José Roberto Passarela, coordenador de Consultoria da multinacional alemã, Pilz do Brasil.

Referência no Brasil na fabricação de produtos para as áreas de segurança e automação industrial, a Pilz possui um amplo portfólio de serviços que visa a segurança de pessoas, máquinas e meio ambiente.

A Pilz do Brasil realiza serviços completos de consultoria na área de segurança de máquinas e equipamentos, envolvendo: Avaliação da Planta, Apreciação de Riscos, Conceituação de Segurança, Projeto, Integração de Sistemas e Validação.

Na fase de Avaliação da Planta se obtém uma visão macro para a gestão de segurança, resultando em um diagnóstico geral, do qual se extrai uma lista de prioridades de máquinas para adequação. “Obtemos uma visão geral de toda a planta no menor tempo possível. Mediante uma inspeção no local, detectamos riscos e estimamos os custos de implantação das medidas de proteção necessárias”, explica o coordenador de consultoria.

A partir da lista de prioridades de máquinas, é executada uma Apreciação de Riscos detalhada com o levantamento de todos os perigos de cada máquina. “Estimamos os riscos através de metodologias normalizadas e estabelecemos medidas de controle e redução de risco adequadas”, especifica Passarela.

Já na etapa de Conceituação de Segurança ocorre o detalhamento conceitual das soluções de segurança. Dessa forma, são definidas todas as medidas de segurança a serem adotadas para reduzir a probabilidade de acidentes, seguindo as normas nacionais e internacionais de segurança aplicáveis. “Trata-se de um pré-projeto, em que é especificada a solução conceitual de segurança para cada máquina”, explica. Depois, cabe à engenharia da Pilz desenvolver o Projeto de Segurança, com o planejamento detalhado das medidas de proteção necessárias.

Com todos os resultados em mãos, parte-se para a fase de Integração de Sistemas, com a execução do Projeto de Segurança pré-estabelecido. Por fim, segue a Validação de Segurança, realizada através de um método estruturado para inspeção dos sistemas de segurança das máquinas. “Nessa etapa, é feita a verificação das medidas de segurança implementadas conforme as exigências da legislação e normas técnicas aplicáveis”, enfatiza. Passarela ainda ressalta que os serviços de consultoria realizados pela Pilz são mundialmente padronizados. Entretanto, o consultor reconhece que a segurança em máquinas e equipamentos deveria receber mais atenção por parte das empresas. “Assim como temos a Norma ISO 9001, referente a Gestão da Qualidade das corporações, as empresas também deveriam se atentar à norma ISO 45001, que diz respeito a Sistemas de Gestão de Segurança e Saúde Ocupacional”, sentenciou.

Atualizado em 7 de junho de 2021 por

Posts Relacionados

Política de Privacidade
When you visit our website, it may store information through your browser from specific services, usually in form of cookies. Here you can change your privacy preferences. Please note that blocking some types of cookies may impact your experience on our website and the services we offer.
O Setor Elétrico