Energia elétrica

Liquidação financeira do mercado de curto prazo de energia elétrica movimenta R$ 1,5 bilhão

Operação referente a dezembro registra R$ 8,24 bilhões relacionados às liminares de GSF no mercado livre  A Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE finalizou, nesta sexta-feira, a liquidação financeira do Mercado de Curto Prazo (MCP), referente a dezembro de 2019, que movimentou R$ 1,5 bilhão dos R$ 9,78 bilhões contabilizados. Do valor não pago, R$ 8,24 bilhões estão relacionados com liminares de GSF no mercado livre (ACL) e R$ 47 milhões representam outros valores em aberto na liquidação….

A mecânica Newtoniana é insuficiente para calcular e projetar linhas aéreas de transmissão

*por Geraldo Roberto de Almeida   RESUMO Nos últimos 100 anos, temos usado a mecânica Newtoniana para calcular e projetar  linhas  aéreas  de  transmissão de energia elétrica. A maioria das linhas aéreas de transmissão no mundo foram projetadas em AC  (corrente  alternada) com  bundles de no máximo 4 condutores por fase. Linhas em  AC  geralmente  tem comprimento limitado em cerca 500 km por limitações da modalidade AC, mesmo que atualmente os FACTS (Flexible AC Transmission Systems) tenham aumentado em muito…

Normatização para o teste de conformidade dos indicadores de tensão em regime permanente

*por Javier Aprea No Brasil, a distribuição da energia elétrica é regulada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) através dos Procedimentos de Distribuição de Energia Elétrica no Sistema Elétrico Nacional (PRODIST). A revisão  10  do  Módulo  8 do PRODIST, que trata da qualidade do produto e serviço, estabelece uma  série de indicadores que devem ser calculados por equipamentos eletrônicos de medição para avaliação da Qualidade da Energia Elétrica (QEE) fornecida aos consumidores. Os métodos de medição baseiam-se nas mais…

Os desafios tributários do setor solar fotovoltaico

*por Rodrigo Sauaia, Ronaldo Koloszuk e Fábio Nieves Segundo dados da Agência Internacional de Energia Renovável (IRENA), a fonte solar fotovoltaica é a maior geradora de empregos renováveis do mundo, sendo responsável por 3,6 milhões (32%) dos 11 milhões de empregos renováveis do planeta. No Brasil, dados da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar) apontam que a tecnologia será responsável pela geração de mais de 109 mil empregos de qualidade entre 2012 e 2019. Olhando para o futuro, projeções…

jose-starosta-200

Os Desafios da Geração e Transmissão

No final de 2019, o Seminário Nacional de Produção e Transmissão de Energia Elétrica (SNPTEE), realizado em Belo Horizonte (MG), sediou a apresentação de mais um grande congresso brasileiro. Nossas dimensões continentais nos permitem resolver não só os sérios problemas técnicos relacionados à estabilidade, confiabilidade e manutenção destes sistemas elétricos, suas interligações e regras de contingência, mas também a manter os sistemas operando de forma sustentável, adequada e viável financeiramente, e esta última variável parece ser o maior desafio. A…

Brasil – 720 minutos sem energia elétrica!

Uma característica do hábito de vida de homem nos últimos anos é ser multitarefa, desenvolvendo diversas atividades a todo momento. Pensem no  dia  a  dia  de  vocês  e imaginem o que acontece quando não conseguimos fazer o que queremos por algum tipo de impedimento. Vamos exemplificar para ficar mais claro. Você está em casa querendo jogar videogame com seu filho e o brinquedo não funciona, ou então, querendo assistir ao jogo do seu time favorito e a televisão não liga….

Será um retrocesso na geração distribuída?

por Rodrigo Sauaia, Ronaldo Koloszuk e Rodrigo Marcolino* No último dia 15 de outubro, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) realizou sua 38ª reunião ordinária de diretoria, para deliberar, entre outros temas de relevância para o setor elétrico brasileiro, sobre a proposta de abertura de consulta pública com vistas a colher subsídios para o aprimoramento das regras aplicáveis à micro e minigeração distribuída (GD). A diretoria, por unanimidade, decidiu instaurar a consulta pública, com o objetivo de discutir a…

Linhas de transmissão Subterrâneas – Comissionamento

Em minhas últimas colunas, tenho abordado as redes subterrâneas de média tensão existentes nas cidades e nas usinas espalhadas pelo Brasil gerando energia elétrica. Nesta coluna, elevarei o nível de tensão da nossa conversa para tratar deste tipo de rede, porém, em alta tensão. Há muito conhecimento e muitas técnicas para tratar de linhas de transmissão subterrânea em alta tensão, e por esse motivo, o Cigré, uma comunidade internacional destinada a fomentar a troca de experiência entre profissionais que atuam…

A Revolta de 1924 e o acervo da Fundação Energia e Saneamento

Um acervo tão rico como o da Fundação Energia e Saneamento  traz em si não apenas a história do setor energético, mas também momentos de São Paulo pouco lembrados. Um exemplo é a Revolta Paulista de 1924, uma das batalhas mais violentas que a cidade já testemunhou. Com forte influência tenentista  – os rebeldes eram, em sua maioria, tenentes e capitães do Exército –, ocorreu em um momento de instabilidade política da República Velha e de descontentamento de algumas classes…

Light e as primeiras subestações de energia de São Paulo

por Isabel Regina Felix  e Mariana de Andrade www.energiaesaneamento.org.br A chegada da energia elétrica às cidades no final do século XIX é considerada um marco na história da urbanização. No Brasil, o advento da companhia Light há 120 anos promoveu intensas, amplas e rápidas transformações na paisagem paulistana. Fundada em  1899, com sede em Toronto, Canadá, a The São Paulo Railway, Light and Power, Company Ltd tinha como objetivos “estabelecer, construir completar, manter e fazer funcionar obras para a produção, utilização…