INEL e Governo de Goiás discutem energia limpa

O governo do Estado de Goiás uniu-se ao Instituto Nacional de Energia Limpa (Inel) para a criação de um grupo de trabalho conjunto para debater a implementação de políticas públicas para o crescimento da energia limpa no estado.

De acordo com o diretor do Centro Oeste do INEL, Carlos Toledo, as políticas públicas criadas a partir da atuação do grupo de trabalho (GT) podem ser determinantes para a economia de Goiás, com o melhor aproveitamento do potencial do estado para a utilização de energias renováveis, além de contribuir para evitar novas crises no setor elétrico.

“A iniciativa do INEL em conjunto com Governo do Estado para a criação do GT visa contribuir para implementação de políticas públicas que possam, de fato, democratizar o acesso e viabilizar o desenvolvimento do setor de energia limpa, além de fomentar a utilização de fontes de energia renováveis e mais baratas para toda a população. A diversificação da matriz energética trará equilíbrio ao sistema elétrico local”, complementou Toledo. Confira mais notícias sobre esse setor de energia limpa e renovável clicando aqui.

 

Condições ideais para implementações

 

O vice-governador de Goiás, Lincoln Tejota afirmou que “o estado possui condição privilegiada, com alto nível de incidência solar, o que nos incentiva a trabalhar mais para que crises hídricas como atual possam ser superadas de forma definitiva”.

Imagem: Energia Total.

Atualizado em 28 de setembro de 2021 por Redação

Fazer um comentário

Política de Privacidade
When you visit our website, it may store information through your browser from specific services, usually in form of cookies. Here you can change your privacy preferences. Please note that blocking some types of cookies may impact your experience on our website and the services we offer.
O Setor Elétrico