XIV CBQEE reunirá academia, indústrias e concessionárias

Por Arthur Fernando Bonelli*

Enquanto inúmeros eventos foram adiados por conta da pandemia de Covid-19, a diretoria da SBQEE, junto com seus conselheiros, decidiu manter a realização da 14ª edição da Conferência Brasileira sobre Qualidade da Energia Elétrica para este ano. Todavia, para sua viabilização, tivemos que adequar esta edição para um evento totalmente on-line.

Destaca-se que o evento on-line seguirá uma lógica bem parecida às edições presenciais. Haverá seções técnicas com apresentação dos artigos aprovados (mais de 180 artigos), mini cursos, área para os patrocinadores e mesa redonda com as sumidades do setor.

A CBQEE é um evento dedicado ao tema Qualidade da Energia Elétrica e que reúne academia, indústrias, concessionárias de energia, centros de pesquisa, entre outros. Iniciado em 1996, o congresso é realizado bienalmente e já esteve presente em todas as regiões do Brasil. A conferência se consolidou rapidamente e hoje é o maior evento dedicado ao assunto em toda a América do Sul, recebendo contribuições não só do Brasil, mas também de diversos outros países.

Desde a criação da CBQEE, até a atualidade, o sistema elétrico mudou muito. No princípio se tinha uma ideia de que boa parte dos problemas era advinda das cargas, sejam elas intermitentes, não lineares, etc. Além do mais, havia poucos elementos perturbadores nos sistemas de geração e transmissão, como a linha de transmissão em corrente contínua, a qual transporta a energia da parte paraguaia de Itaipu para a região metropolitana de São Paulo, e poucos compensadores estáticos. Portanto, os trabalhos eram direcionados para as cargas (tanto como geradoras de distúrbios, quanto como sua sensibilidade aos distúrbios presentes na rede) e em soluções mitigadoras. Todavia, atualmente o cenário está bem diferente, a saber:

• As cargas com alta sensibilidade aos problemas na rede elétrica estão cada vez mais imunes a estes;
• Por outro lado, as cargas não lineares que eram encontradas quase que exclusivamente em ambientes industriais, hoje estão presentes nas residências. Podemos citar equipamentos eletrônicos (computadores, televisões, celulares etc.), lâmpadas a led, equipamentos com conversores de frequência (refrigeradores, máquinas de lavar e ar-condicionado), etc.
• Voltando-se ao sistema de geração, as fontes eólica e solar hoje são realidade, trazendo maior diversidade e segurança para a matriz energética brasileira. São fontes renováveis e de baixo impacto ambiental. No entanto, possuem conversores de frequência para compatibilizar a intermitência da fonte primária de energia (velocidade do vento e incidência solar) com os padrões necessários para a conexão na rede elétrica;
• O sistema de transmissão também teve muita mudança, podendo se destacar a entrada de linhas de transmissão em corrente contínua e inserção de compensadores estáticos;
• Quanto à distribuição, está havendo uma revolução com as denominadas “smart grids”. Estas impactam os melhores indicadores de qualidade de serviço, ajuste de demandas, além de contemplarem a inclusão de fontes de geração distribuídas;
• Por fim, com o aumento da capacidade de processamento dos computadores, destacam-se também as simulações utilizando inteligência artificial. Esses algoritmos evoluem e apresentam soluções otimizadas com facilidade.

Dessa forma, com o aumento da complexidade dos sistemas, problemas que na primeira edição eram praticamente irrelevantes se tornaram foco de estudos, como por exemplo, a responsabilidade de cada agente nas causas dos distúrbios de Qualidade da Energia Elétrica.

Durante os 25 anos de existência da CBQEE, o sistema elétrico evoluiu significativamente e a CBQEE está sempre acompanhando esta evolução e ajudando no entendimento dos fenômenos ligados à Qualidade da Energia Elétrica.

Assim, a Sociedade Brasileira de Qualidade de Energia Elétrica convida a todos a participar desta evolução na XIV Conferência Brasileira sobre Qualidade da Energia Elétrica, que ocorrerá de 29 de agosto a 01 de setembro de forma 100% online.

Mais informações e inscrições, clique aqui.

*Arthur Fernando Bonelli é diretor administrativo da Sociedade Brasileira de Qualidade da Energia Elétrica (SBQEE).

 

Atualizado em 6 de agosto de 2021 por Arthur Fernando Bonelli

Fazer um comentário

Política de Privacidade
When you visit our website, it may store information through your browser from specific services, usually in form of cookies. Here you can change your privacy preferences. Please note that blocking some types of cookies may impact your experience on our website and the services we offer.
O Setor Elétrico